Pai transita por Sapiranga com cartaz a procura de emprego para não ficar longe dos filhos

July 8, 2019

 

 

 

 

Sapiranga – Uma cena chamou atenção da comunidade sapiranguense que transitava pelo Centro do município, na manhã desta segunda-feira, 8 de julho. Nas proximidades da rua Sete de Setembro, um homem caminhava, já pela manhã gelada, com um cartaz preso ao corpo com pedido somente – um emprego.

Vilson Luiz Hining, de 40 anos, conversou com o Jornal Repercussão, e expôs sua situação. O homem é pai de três filhos, um de 8 anos, outro de 4, que fará 5 em agosto, e um de 15, que tem paralisia cerebral. Os três estudam no Instituto Estadual Professora Nena – CIEP.

Segundo Hining, caso não consiga emprego nesta semana, vai precisar se mudar de cidade, e com isso, vai ficar longe dos filhos, o que ele não quer que aconteça. “Eu tenho três crianças, e um deles tem paralisia cerebral e eles precisam se alimentar. Se eu não conseguir essa semana trabalho, vou ter que me mudar para Herval Seco, pois aqui não vou poder ficar”, conta o homem que tomou esta atitude desesperada para poder honrar seu compromisso como pai. “Eu me separei da minha mulher, e não quero ficar longe deles (filhos). Por isso tomei a decisão de vir para a rua, uma última cartada, uma última tentativa de conseguir alguma coisa. Caso contrário, vou ter que mudar de cidade e morar longe dos meus pequenos, e não gostaria de ficar longe deles”, revela Hining.

Antes de ficar desempregado, Hining chegou a atuar como pastor em uma igreja, mas atualmente, sem emprego, não tem dinheiro nem para necessidades básicas, como alimentação e moradia. “Eu trabalhei em comércio durante um tempo, depois em uma escola de idiomas, ultimamente, trabalhei como pastor na Igreja de Confissão Luterana, e agora estou desempregado, sem trabalho, não tenho mais dinheiro para nada, nem para o aluguel, nem para comida, nem para nada”, disse Hining.

Sem condições de conseguir pagar um aluguel mais elevado, se mudou para Araricá. “Hoje mudei para Araricá, porque o aluguel é mais barato, estou morando no bairro Campo da Brazina. E pago ali R$ 400,00 de aluguel”, revela o homem, que explica já ter procurado o SINE atrás de emprego, e até oportunidades em outras cidades. “Procurei o SINE/FGTAS, de Sapiranga, me chamaram, e depois não me chamaram mais. Mandei currículos para Campo Bom, Novo Hamburgo, São Leopoldo”, conta.

Vilson Hining conta com experiência principalmente no comércio, onde atuou com atendimento de caixa, supervisão, e reposição.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2019 por "Grupo SBC de Comunicações". Portal de Divulgação.

AREA DE ADM

Estudio

Rodeio Bonito-RS

   

(55) 9 9906-4916

Av. do Comercio, 466

Centro

Rodeio Bonito-RS

CEP:98360-000

Estudio

Planalto - RS

   

(55) 9 9956-8568

Av. Presidente Vargas, 828

Centro

Planalto - RS

CEP:98470-000

Estudio

Chapecó - SC

   

(49) 9 9926-9754

Rua Corruira, 490

Efapi

Chapecó - SC

CEP:89809-750