‘Extremamente violento’, diz delegado sobre bandido morto em confronto com a polícia em Carazinho


O criminoso morto em confronto com policiais em Carazinho nesta quarta-feira (10) era conhecido dos órgãos de segurança pública do Rio Grande do Sul.

Mateus Mariano Soares, era um dos 17 presos que escaparam do Presídio Regional de Passo Fundo (PRPF) em janeiro deste ano.

O homem é apontado pela PC como o ‘mentor intelectual’ da fuga em massa da unidade prisional. “É um indivíduo extremamente violento. Era investigado por um latrocínio em Farroupilha, roubos a banco na região. Ele estava arregimentando novas forças, se capitalizando”, disse o delegado Jader Duarte, que coordenou a operação que resultou na morte do indivíduo.

O delegado revelou que Mateus Mariano Soares era também investigado por diversos crimes nos últimos dois meses, sempre assaltos à mão armada: roubo de veículos, a residências, a banco e comércio.

Ele era um dos líderes da quadrilha que estava escondida no interior de Carazinho, conforme a investigação.

Segundo a polícia, Mateus Mariano Soares tinha mais de 20 anos de prisão para cumprir por diversos crimes.

© 2019 por "Grupo SBC de Comunicações". Portal de Divulgação.

AREA DE ADM