“Pelas circunstâncias do acidente, tivemos poucos ferimentos graves”, diz capitão do Passo Fundo Fut

O capitão do Passo Fundo Futsal, o pivô Dilvo, sofreu uma fratura no braço no acidente ocorrido nesta madrugada, em Itaqui, com o ônibus que transportava a delegação.

Ele conversou com a imprensa no começo desta noite e relatou o que viu do acidente. “Lembramos muito pouco. Foi um impacto que jogou a gente para cima e, depois, lembro do ônibus caindo e se arrastando mato a dentro”, disse.

Quando se deram por conta do ocorrido, os atletas, comissão técnica e direção começaram a ver quem estava ferido e quem estava bem.

Ele afirma que a situação toda parece uma ‘fantasia’. “Pelas circunstâncias, tivemos poucos ferimentos graves. Foi um acidente muito feio”, disse.

O capitão do Passo Fundo Futsal falou também do jogador Radaeli, que morreu no acidente. “É um pessoa fantástica, um menino de ouro, tínhamos um carinho enorme por ele. Para a gente é difícil aceitar, digerir o que aconteceu, mas temos de seguir. Vamos torcer para Deus receber bem ele e confortar os familiares”, pontuou Dilvo.


Foto: Vinicius Coimbra | Diário

© 2019 por "Grupo SBC de Comunicações". Portal de Divulgação.

AREA DE ADM