Reino Unido emite alerta após reações alérgicas à vacina da Pfizer



A Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde (MHRA), do Reino Unido, advertiu nesta quarta-feira que pessoas com histórico de reações alérgicas "significativas" não devem receber a vacina Pfizer/BioNTech. O alerta foi emitido depois que dois funcionários do Serviço Nacional de Saúde (NHS) que receberam doses no primeiro dia de vacinação no país sofreram um choque anafilático. June Raine, presidente-executiva da MHRA, disse que o órgão estava examinando os casos.

"Sabemos, pelos extensos ensaios clínicos, que isso não era uma característica", disse ao Comitê de Ciência e Tecnologia Commons nesta quarta-feira. A Pfizer afirmou que a MHRA informou sobre as reações alérgicas. Segundo a empresa, durante os testes clínicos de fase 3 em mais de 40 mil pessoas, a vacina foi "bem tolerada em geral, sem o registro de problemas de segurança graves".

© 2019 por "Grupo SBC de Comunicações". Portal de Divulgação.

AREA DE ADM