'Sala das Margaridas' é inaugurada na Delegacia de Polícia de Erval Seco



Na tarde de quarta-feira, 9, em cerimônia realizada nas dependências da Delegacia de Polícia de Erval Seco, foi realizada a inauguração da Sala das Margaridas, local destinado ao atendimento de vítimas de violência doméstica e familiar contra mulher.

Trata-se de um ambiente acolhedor, privativo, com layout próprio em que a ofendida poderá relatar os fatos longe do agressor, visando, assim, melhor atender as mulheres que comparecem ao Órgão Policial em situação de violência e vulnerabilidade social. O atendimento será realizado por policiais civis devidamente capacitados.

A solenidade, devido as restrições atinentes a pandemia de corona vírus, contou apenas com a presença de policiais civis e servidores que atuam no Órgão e da Delegada de Polícia Regional ALINE DEQUI PALMA.

Conforme o Del. Eduardo Ferronato Nardi, Delegado de Polícia Substituto da DP de Erval Seco, o projeto para realizar as melhorias na sala contou com o apoio da administração municipal de Erval Seco, da Chefia da Polícia e do Departamento de Proteção de Grupos Vulneráveis da PC. Trata-se de um ambiente diferenciado para atender as mulheres vítimas de violência doméstica e uma importante conquista das comunidades de Erval Seco e Dois Irmãos das Missões, já que na região não existem Delegacias Especializadas para Atendimento às Mulheres.

A Delegada Aline Dequi Palma, Delegada de Polícia Regional, informou que a inauguração dessa sala faz parte das programações da campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”, bem como explicou que a margarida foi escolhida como a flor símbolo do ambiente acolhedor, uma vez que é uma das flores mais resistentes que existe na natureza, representando a força da mulher. Por fim, a autoridade policial destacou que os policiais civis de Erval Seco participaram de capacitação para o atendimento especializado de mulheres vítimas de violência.

© 2019 por "Grupo SBC de Comunicações". Portal de Divulgação.

AREA DE ADM